Postagens

Faltou querermos mais…

Salve, Salve, Nação Mais Linda do Mundo!Ontem presenciamos, novamente (até quando?), na Argentina, um Flamengo sofrível em campo. Não é segredo pra ninguém o fato do time vir se apresentando de forma pouco organizada e com falhas tanto pontuais quanto coletivas. Noite passada não foi diferente.Entramos para empatar, literalmente. E isso não pode, não deve acontecer, NUNCA! Adotando um posicionamento defensivo desde o início da partida, não levamos sufoco maior porque a equipe do River é fraca tecnicamente. Não foi o time argentino que nos pressionou, fomos nós que abdicamos de jogar. Simples assim.O que custaria atacar, já que a classificação estava garantida e uma derrota não mudaria nada? Ah, alguns defenderão nossa postura e dirão que jogamos com o regulamento debaixo do braço. Uma ova, caras-pálidas!Nossa postura em campo me envergonhou. Nunca pensei que o Flamengo fosse se apequenar diante de um River Plate enfraquecido tecnicamente. Perdemos a oportunidade de sairmos da Argentin…

Leandro Stein: “O Fla se contentou com um papel menor contra o River, quando poderia ter almejado mais”

A quem temia uma rodada final agônica no Monumental de Núñez, como aquelas que aconteceram nas três últimas aparições na fase de grupos da Copa Libertadores, o Flamengo respirava aliviado. Jogava por 90 minutos, e não mais pela vida na competição continental, desta vez sem o risco de ser eliminado num duelo sufocante. Mas, se não tinha obrigação, não quer dizer que o Fla poderia ignorar os seus objetivos. E o time ficou devendo, a quem ainda tinha chance de terminar com a liderança do Grupo 4. Apresentou pouquíssimo e se contentou com o coadjuvantismo, com o empate por 0 a 0 mais agradável aos millonarios – por mais que eles tenham lamentado a incapacidade de buscar a vitória, dadas as circunstâncias. Ao menos, saem com a primeira posição da chave, contra rubro-negros mais temerosos sobre o que pode aguardá-los nos mata-matas.Sem o suspenso Diego e a lesionada dupla de zaga titular, o Flamengo vinha com Jean Lucas no lugar do camisa 10, a principal novidade. Mas seria um time excessiv…

Ninguém ganha do Mengão: 0 a 0 com o River Plate em Buenos Aires

O Flamengo conquistou um ponto importante no Monumental de Núñez. O empate contra o temido River Plate mostrou a força da nossa retaguarda. Todo treinador diz que na Libertadores é importante ganhar em casa e não perder fora. Longe do Rio de Janeiro, o Mengão conseguiu três empates. O problema de nossa campanha foram os escorregões em nossos domínios e desperdiçamos quatro pontos para Independiente Santa Fé e River Plate. Confira como foi o jogo de ontem, os prêmios pagos pelas casas de apostas e a nossa expectativa na Libertadores.Prêmios pagos (segundo o Oddsshark.com):A mais alta recompensa de uma partida de futebol normalmente vem do placar cravado. Quem previu o empate sem gols colocou no bolso R$ 9,22 para cada moedinha de um real investida.A “hipótese dupla”, por ser mais fácil, tem prêmios bem mais em conta. Quem colocou um real em “River Plate ou empate” recebeu R$ 1,15. Já quem investiu em “Flamengo ou empate” resgatou R$ 2,07 para um.Inspirada na Loteca, a coluna do meio (e…

Maestro Júnior detona Fla: “Futebol de time pequeno”

Na noite da última quarta-feira (23), o Flamengo foi à Argentina para enfrentar o River Plate. A missão era vencer e conquistar a liderança do Grupo 4 da Libertadores. Mas o time não passou de um empate sem gols e os donos da casa terminaram a fase em primeiro lugar. Participando da transmissão da Rede Globo o Maestro Júnior não poupou críticas ao desempenho do Fla.– Flamengo sempre entrou pra ganhar os jogos. Esse comportamento não é do DNA do Flamengo. Futebol de time pequeno -, declarou Júnior.O Mais Querido ficou na segunda colocação. O adversário, que será escolhido através de sorteio, que acontecerá no dia 04 de junho, pode ser: Palmeiras, Grêmio, Cruzeiro, Santos, River Plate, Libertad, Atlético Nacional ou Colo Colo, Corinthians ou Independente.O Rubro-Negro desembarca nesta quinta-feira (24), no Rio. O foco agora é a preparação para o embate de sábado (26), às 21h (horário de Brasília), no Independência, em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.O post Mae…

Arthur Muhlenberg: “Os cafajestes”

Presepadas aeroportuárias, No futebol tem muito safado, e eles estão distribuídos, nem sempre em proporções iguais, nos times, nos clubes, nas federações, na imprensa e nas torcidas. E nisso o mundo do futebol é igualzinho ao mundo da política, da medicina, da engenharia, da música ou da gastronomia. A safadeza é uma característica da condição humana, mas que, para nossa sorte, não é e nunca foi obrigatória.Para quem não é safado e se conduz através desse mundo com honestidade intelectual e respeito à inteligência alheia a verdade dos fatos nunca é dolorosa, assustadora ou feia demais para ser exposta ou debatida. As coisas são o que são e bola pra frente. Se falar a verdade causar prejuízo à imagem, queda de audiência ou muxoxos da torcida, azar, segue o jogo.Mas assim como a safadeza, a honestidade intelectual também não é obrigatória. E mal acabou o jogo, e em plena semana de Pentecostes, já tinha um pessoal falando do empate do Flamengo com o River no Monumental como se fosse um g…

Rica Perrone: “As planilhas seguem ok”

Outra vez o Flamengo vai a campo sabe-se lá pra que. Talvez pelas premiações por conquistas, talvez pra “não perder”. Quem sabe por mera obrigação de bater ponto.Mas pra ganhar o jogo não foi.Ninguém que tem nada a perder e precisa de ousadia para ganhar algo mais pode ser tão previsível, precioso e covarde. O que aconteceria se o Flamengo fosse buscar a vitória?No ruim, perderia o jogo.Quanto toquinho de 3 dedos, quanta jogadinha individual. Nenhum coletivo, nenhuma ousadia. O conformismo de quem olha o relatório e vê crescimento de 0,4% e entende que está tudo ok.O Flamengo virou empresa. Mas empresa nenhuma vende paixão, logo, todas elas são administradas de forma diferente do futebol. Não interessa ao torcedor analisar que há melhora em relação aos últimos 20 anos, embora seja justo dizer isso.Interessa a ele ver-se representado em campo. É pra isso que gostamos de futebol, não porque é um esporte maneiro. Não a toa a maioria das pessoas diz não gostar de futebol mas sim do seu ti…

Mauro Cezar garante que Real Madrid quer levar Vinicius Jr durante a Copa

O Flamengo empatou em 2 a 2 com o River Plate, da Argentina, nesta quarta-feira (23), e se manteve em segundo lugar do grupo 4 na Copa Conmebol Libertadores. Um dos melhores jogadores em campo do Rubro-Negro, Vinicius Junior vive um dilema em sua breve carreira entre os profissionais: em que data irá se transferir para o Real Madrid? De acordo com a informação publicada pelo jornalista Mauro Cezar Pereira, da ESPN, o clube espanhol já sinalizou ao Fla que pretende contar com o garoto assim que o mesmo completar a maioridade, ou seja, 12 de julho deste ano.O Real pagou 45 milhões de euros (cerca de R$ 165 milhões na cotação da época) para contar com o atacante em seu elenco estrelado. No entanto, um terço do valor só irá cair na conta do Mengão, após a mudança definitiva do jovem à Madrid. Com isso, as chances de o campeão europeu reivindicar sua ida para a capital espanhola logo após firmar o primeiro compromisso profissional — pelas regras da Fifa isso só é permitido quando o atleta …

EI: “Análise: Flamengo não demonstra vontade de vencer e se contenta com segundo lugar”

André Rocha: “River Plate “arame liso” salva um Flamengo ciente do seu tamanho na América”

O Flamengo celebrou com a vitória sobre o Emelec no Maracanã a classificação para as oitavas de final da Libertadores que não vinha desde 2010 e cada minuto da disputa no Monumental de Nuñez deixava cada vez mais nítido que o objetivo era terminar a fase de grupos sem derrota. De preferência sem ser vazado no jogo mais complicado, em tese, desta etapa da competição.Algo inútil na busca da primeira colocação que garantiria a decisão da vaga nas quartas de final no Rio de Janeiro. Mas importante para Mauricio Barbieri, um treinador em busca de resultados que garantam seu emprego na parada para a Copa do Mundo. O preço que o clube paga por demorar a efetivar o profissional.Mas é óbvio que a postura rubro-negra em Buenos Aires passa também pelo temor em um jogo grande do torneio, diante de um tricampeão, vencedor da edição de 2015. A ausência dos suspensos Diego e Barbieri e dos lesionados Rever e Juan tiveram peso, mas o comportamento em partida fora de casa não é inédito. Foi assim tamb…

Diego Alves admite frustração com resultado, mas não vê falta de vontade do Fla

Como já estava classifcado para a próxima fase da Libertadores, o Flamengo foi para Buenos Aires apenas com um objetivo em mente: conquistar os três pontos e, dessa forma, terminar na primeira colocação da fase de grupos. Além de não ter conseguido a vitória, o Rubro-Negro não fez um bom jogo e pouco assustou o River, que soube administrar bem a partida e criar algumas oportunidades de perigo. Após o embate, o goleiro Diego Alves comentou sobre o desempenho da equipe em campo e não escondeu a tristeza com o resultado obtido. As informações são do canal ESPN.— O nosso pensamento era ganhar e conquistar a primeira colocação, até mesmo pelas vantagens que teríamos na parte das eliminatórias. Eu acho que desde o começo a gente tentou. É bem difícil jogar com o River aqui, eles jogaram com o time completo, o estádio estava cheio, tudo favorencendo a eles. Nós viemos e lutamos. Eu acho que o que você (Repórter) falou sobre a falta de vontade não encaixa, acho um comentário pobre, até porque…

EI: “Em quatro meses, 30 jogos: maratona faz vítimas no Flamengo em 2018”

Da estreia na temporada, em 17 de janeiro, até o duelo contra o River Plate, na última quarta-feira (23), já se foram 30 jogos do time do Flamengo na temporada. Em quatro meses, o elenco rubro-negro vive maratona que já fez vítimas, seja no departamento médico ou nas cabeças cortadas pelos resultados ruins ainda em março.O time carioca, na verdade, revive a rotina intensa de partidas pela qual já passou na última temporada, quando bateu recorde no Brasil ao disputar 84 jogos. Na ocasião, foram cinco competições oficias diferentes. Neste ano, por enquanto, são quatro, e o Campeonato Carioca vem sendo protagonista: foram nada menos que 15 partidas com a queda na semifinal.JOGOS DO FLAMENGO NA TEMPORADA​Campeonato Carioca15 jogos​​Copa Libertadores​6 jogos​Campeonato Brasileiro​6 jogos​Copa do Brasil​2 jogos​Amistoso​1 jogoA média, por enquanto, vai repetindo o padrão de 2017: mais ou menos dois jogos por semana. Rotina que, somada às viagens pelo Brasil e fora do país, passa fazendo vít…

Auxiliar, Mauricio Souza avalia partida do Fla: “Não acho que tivemos uma postura tão devagar”

Em jogo feio tecnicamente, o Flamengo não saiu do 0 a 0 contra o River Plate, no estádio Monumental de Núñez. Com o empate, o Rubro-Negro terminou a fase de grupos da Libertadores na segunda colocação, com dez pontos, dois a menos que o líder River Plate. Após a partida pouco empolgante, o auxíliar técnico de Barbieri, Maurício Souza, avaliou o desempenho do Fla na partida e alertou que a equipe não saiu satisfeita com o resultado obtido. As informações são da jornalista Amanda Kestelman, do Globoesporte.com.— Foi extremamente difícil. Jogo muito vertical, atacantes pesados. Faz com que a equipe ande para trás. Não acho que tivemos uma postura tão devagar. Mas acho que devíamos ter tido melhor decisão. Jogar aqui dentro é difícil. Viemos buscar os três pontos. Mas da beira do campo vi que estava difícil -, disse o auxiliar.Mauricio Souza ainda falou sobre a falta que o menino Lucas Paquetá fará na equipe, uma vez que terá de cumprir suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo qu…

Ex-dirigente do Fla revela acordo para Vinicius Jr ficar até meados de 2019

Titular absoluto e artilheiro do Flamengo na temporada, o atacante Vinicius Júnior é fundamental para o time atualmente. Por conta disso, a apreensão com sua iminente saída para o Real Madrid, clube para o qual foi vendido ainda em 2017, é cada vez maior. Porém, de acordo com o ex-CEO do clube, Fred Luz, existe um acordo que garante o jovem por mais tempo no Fla.Pouco depois de se desligar do Mais Querido, Fred concedeu entrevista à equipe do Globo Esporte, na qual foi questionado sobre qual era o atual panorama para a permanência de Vinicius Júnior, que será definida em reuniões durante a Copa do Mundo.VEJA OS TRECHOS DA ENTREVISTA:Soube que você estava negociando, buscando, a permanência do Vinicius. Como está isso? Temos um acordo com o Real que ele pode ficar por mais tempo. Se não me engano até o meio do ano que vem. Mas o Real não pode chamá-lo agora no meio do ano, ao completar 18 anos? Nosso acordo é que isso vem de uma decisão consensual. Isso está no papel? Está no papel como iss…

River Plate x Flamengo – Expectativas dos colunistas

O Flamengo viajou pra Argentina na última segunda-feira (21) com algumas ausências importantes. Diego não joga, cumprindo punição pelo terceiro cartão. O camisa 10 ficou no Brasil e Maurício Barbieri treinou com três alternativas para seu lugar: Jean Lucas, Jonas e Marlos Moreno.Caso entre com Jonas e Jean o esquema tático sofrerá mudanças. Mas a tendência é que Barbieri entre com Jean Lucas na vaga para deixar Paquetá mais solto no meio. Vale lembrar que a zaga titular, Juan e Réver, está lesionada e caberá a Rhodolfo e Léo Duarte a missão de segurar o ataque argentino.No lado dos hermanos também existem dois desfalques, mas o fator casa pesa mais que a ausência dos jogadores.Com os dois times classificados, o jogo não tem nada para ser de “compadre”. A expectativa é por uma partida bem disputada. A bola vai rolar nesta quarta-feira (23), às 21h45 (horário de Brasília), no Monumental de Ńuñez e vale a liderança do Grupo 4 da Libertadores.Veja agora as expectativas dos nossos colunist…

Paulo Autuori está por detalhes para chegar ao Flamengo, diz jornalista

Nos últimos dias, um rumor que surgiu nos bastidores da Gávea e que tem ganhado força é a possível chegada de Paulo Autuori. Atualmente no Fluminense, ele pode ser contratado pelo Mais Querido, para desempenhar a função de coordenador técnico. O jornalista Fabio Azevedo, da Fox Sports, garante que o negócio está por detalhes.Durante o programa Fox Sports Rádio desta quarta-feira (23), Azevedo passou tal informação, indicando também os motivos que levaram Autuori a aceitar a proposta do Flamengo. Dentre os principais fatores, estaria a instabilidade da diretoria tricolor.— Ele está acertando com o Flamengo. Faltam alguns detalhes. Ele quer ficar no Rio de Janeiro, porque está com problema familiar. Ele recebeu proposta para ser treinador da Universidad de Chile e também de um clube do Catar, mas optou por ficar no Rio de Janeiro. Treinador no Brasil ele não vai ser mais, já garantiu. Algumas coisas o incomodaram e o levaram a tomar essa decisão de deixar o Fluminense: os constantes atr…